Páginas

sábado, 23 de junho de 2007

Os Furos No Meu Pijama

Read this post in English

Os furos no meu pijama não são furos.
São portas para outra dimensão.
Cada furo me leva a algum lugar onde eu possa viver meus sonhos.

Os furos no meu pijama têm uma história.
Cada um deles.
Não nasceram do acaso.
Sei que têm um motivo para cada um deles.
Só não sei qual.

Os furos do meu pijama não são rasgos.
São furos.
Rasgos nascem de enroscos, na maçaneta, no prego...
mas os meus são furos que surgiram durante a noite,
como num passe de mágica,
cada um com suas caracteísticas próprias.

Os furos do meu pijama são originais.
Cada um tem seu tamanho.
A quantidade de fios soltos e a parte do meu corpo que eles revelam
é única a cada um.
O quadrante que eles ventilam também é único.

Os furos do meu pijama...
estão me deixando com uma aparência horrível.

Preciso comprar outro pijama.

Poema inspiradíssimo em homenagem à minha amiga Dän, para que ela tenha orgulho do pijama dela, afinal, o dela, nem furo deve ter!

3 comentários:

dän disse...

hahahahahaha... nao to acreditando que vc escreveu mesmo sobre os furos do pijama! MEU DEUS. vc é doida mesmo muié! hahahahaha... eu nem pijama uso viu, adoro dormir com aquelas camisetas velhas... e normalmente são sim, CHEIAS de furos! e Historias! hehehehe

beijao, AMEI seu post.

(nada monossilábica hj)

Arne Balbinotti disse...

Olá, vim te avisar que meu novo Blog já está no ar. Caso queira acessar e compartilhar fique a vontade.

MIGUEL GIRASSOL disse...

belo brejo!