Páginas

sexta-feira, 25 de maio de 2007

Princesa Ameba - Capítulo 0

A Ameba
  1. As amebas são protozoários pertencentes ao Filo Sarcomastigophora e ao sub-filo Sarcodina. São protozoários formados por uma única célula (animal unicelular), ou seja, fazem parte de uma das mais simples formas de vida do planeta. (Pra mim, parece a forma mais primitiva de vida. Assim, o que é primitivo é original, é puro e é genuíno.)
  2. Possuem uma grande capacidade de adaptação. (Hum, versátil e inteligente.)
  3. Sua forma pode ser bastante variável, e muitas vezes indeterminada, já que seu corpo gelatinoso assume formas diversas, em alguns casos. (Muuuuito versátil! Espertíssima!)
  4. A reprodução da ameba ocorre por um simples processo de divisão celular: uma ameba se divide em duas. (Puxa! Isso é muito chato! Perdem a melhor parte da coisa!)
  5. Pesquisadores do Japão e da Hungria publicaram na revista Nature um estudo demonstrando que o organismo unicelular amebóide (espécie de bolor que se arrasta pelo solo devorando bactérias e fungos) é dono de uma “inteligência primitiva mas bastante lógica”. (nem preciso dizer, né? "inteligência primitiva bastante lógica"!)
  6. Os organismos unicelulares, de extrema simplicidade, estão no planeta há cerca de três bilhões de anos. São portanto os mais bem-sucedidos na competição natural da evolução das espécies. (Bem-sucedidas!! Elas são mesmo surpreendentes!)

Bem, sendo assim, vamos à história propriamente dita. Digamos que isso seja a "orelha" da história da "Princesa Ameba" :

Esta história nasceu na verdade num dia em que eu estava me sentindo uma ameba. Estava me sentindo unicelular, primitiva e burra! (Eu ainda não sabia muito bem que a ameba era tão inteligente!) Assim, criei a princesa com um grande segredo e um grande desafio, para provar que não era nada daquilo, que podia ser muito superior mesmo sendo vista como uma coisinha insignificante que nem era bonita. "Oh!" - vocês podem dizer. (Aliás, seria interessante que dissessem; seria um sinal de que consegui impressioná-los.) Mas, a história virá, em capítulos, até porque não está terminada.

Dicas de Leitura

# Para ler a história, clique aqui. Este é o primeiro capítulo de não sei quantos. (David, agora o capítulo I já existe.)
# Tente, ao ler, entender todas as metáforas, que serão constantes.
# Não se engane, não é uma história para crianças... mas agora não existe mais censura, portanto, fiquem de olho nos pequenos aí.
# Sim, essa aqui do lado esquerdo é a idéia que eu faço dela. Não imaginem alguém que combine com o nome pois ela será muito feia. Olhe para esta imagem e memorize-a.
Boa Leitura!

4 comentários:

Luci disse...

oi, tudo bem? curti o blog, bjs

David disse...

1) O Clique Aqui não está funcionando.
2) Ela pode ser feia, mas o derriê tá legal.

Cintia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cintia disse...

shuasihauahasuhiahdudhsdah
1) David, você não leu o aviso: "Se não abrir é porque o capítulo ainda não existe, dããã!" ??
2) Eita, muito chique falar em francês pra disfarçar...
Beijo!