Páginas

domingo, 23 de setembro de 2007

Primavera

Read this post in English
Na primavera do ano passado fiz um post sobre a primavera estar chegando e não ter trazido com ela o meu amor.
Falo sobre mudanças e sobre ficarmos acorrentados às perspectivas nas quais depositamos todas as esperanças de que algo "mude".
Hoje reli o post e percebi que continuo fazendo a mesma coisa, droga!
Tenho tantas coisas que deveria mudar (leia-se melhorar) em mim. Tanatas coisas com as quais eu convivo e não gosto (ou nem percebo até que alguma coisa chata me faça perceber, como aconteceu hoje).
...
Hoje, lá pelas 10 da noite, percebi que não tinha jantado. Percebi também que estava com fome. Tinha ficado virando em volta dos meus filhos enquanto eles se arrumavam para sair, cada qual com seus compromissos de sábado à noite.
Fui até a cozinha e percebi mais uma coisa: não tinha nada de interessante para comer. Nem resto do almoço pra esquentar.
Acabei fazendo um lanche com o que tinha à mão: pão de hamburguer, um ovo frito (adoro), um bife mais ou menos mole e uma qualtidade indecente de maionese. Sabe que estava muito bom?
...
Tenho estado um pouco sumida, né? Sabe o que é? Minha mais nova mania é baixar episódios deséries que gosto e gravar em dvd. Filmes também. Tenho achado uns antigos que adoro! Mas estou aprendendo e apanhando bastante para fazer algo que preste. Tem me tomado um certo tempinho. Apesar disso, pretendo postar um post (maior que o normal, para compensar o atraso) da princesa Ameba. Está em edição.
...
Hoje estou sozinha aqui. Meus bonitinhos vão dormir fora. É estranho como fazem falta. Sabe que estou achando que meu médico tem razão? Ele me disse que eu devia arrumar um namorado. Hum, quem sabe?

6 comentários:

Arne Balbinotti disse...

Sabe, eu acho que se o médico não for muito velho, agarra ele e se satisfaça psicologimente... hahaha...
Brincadeiras a parte, essas fases são normais na vida da gente, mesmo assim, eu acho que seu médico tem razão, acho que você deva arrumar alguém, não precisa ser o namorado (marido) perfeito, mas que eplo menos ele beije bem, ria das suas piadas, te coloque no colo de vez em quando e seja bom de cama... ufa, acho que é o namorado perfeito... hahaha...
Beijos.

DM disse...

Cíntia, desculpe o sumiço, nada a ver com seu estado de espírito, que aliás pareçe comum ... Ando em uma correria de dar dó, e muito cansada, sem inspiração, sei lá ... Seu post foi animador, no sentido de ver, que este tipo de estado de espírito, as vezes "chato" é comum a todas nós ... No aguardo da princesa ameba !!!Beijos e boa semana !!!

David disse...

Até que enfim. Achei que tivesse arrumado o tal namorado e se mudado para a Austrália.

dän disse...

deixei presentinho pra vc no meu blog, beijos.

Arne Balbinotti disse...

Olá amiga, e ai já arrumou "aquele namorado"? Não? Então leia o texto que tá lá Butique e veja que as vezes é melhor ficar solito mesmo...
Beijos.

Ana Paula disse...

Oi, minha linda... Tenho vindo aqui, sim. Já tinha até lido esse post, mas não havia conseguido comentar. Só na semana passada que eu me enrolei em falta de tempo... Como estão as coisas? A senhora também anda sem dar notícias...
Ficar em casa sem o meu filhote pra mim é uma contradição: às vezes eu estou rezando por uns minutos de paz. Quando ele sai, a saudade vem imediatamente... rs
Bom, continuo aqui, esperando por Ameba e tb esperando que vc esteja bem!
Beijos!